#6 Hábitos que aumentam a criatividade

Saiba que práticas podem ser adotadas por quem deseja “pensar fora da caixa”

Empreendedores precisam ser mais criativos sempre, seja para criar um negócio disruptivo ou para reinventar processos e criar novos produtos. Uma notícia boa é que é possível estimular o cérebro a sempre “pensar fora da caixa”.

A revista “Inc.” listou, baseada em estudos científicos de universidades americanas, hábitos que aumentam a criatividade. Confira:

1. Debater
Um estudo da Universidade da Califórnia em Berkeley afirma que pessoas que têm o costume de discordar da opinião de outros e debater são mais criativas. De acordo com a pesquisa, este espírito contestador faz com busquemos os melhores argumentos para provar nosso ponto de vista, o que é, por si só, um exercício criativo.

2. Relaxar
Práticas como a meditação ou hábitos simples como uma boa ducha ou um tempo sozinho são ótimas práticas para estimular o pensamento criativo. Com elas, fica mais fácil respirar mais fundo, esquecer por um tempo dos problemas da vida e deixar a mente correr livremente. E, quando a mente está mais relaxada, são maiores as chances de sua cabeça pensar em coisas novas.

3. Fazer atividade física
Exercitar-se pode não ser tão relaxante, mas a atividade também ajuda a esquecer os problemas e focar a cabeça em práticas mais destrutivas. A associação entre exercícios físicos e criatividade foi descoberta por um estudo publicado em 2013 no jornal Frontiers in Human Neuroscience.

4. Estar na natureza
Um estudo da Universidade do Kansas fez testes de resoluções criativas de problemas com pessoas que passaram três dias acampando em uma floresta. Os resultados do grupo foram 50% melhores que os de quem não acampou. Também de acordo com a pesquisa, o contato com a natureza reduz a pressão arterial, diminui a frequência cardíaca e a quantidade de hormônios relacionados ao estresse na corrente sanguínea.

5. Dormir
Em 2012, um estudo da Universidade de Georgetown descobriram, por meio de análises neurológicas, que, durante o sono, aumenta a atividade de regiões do cérebro relacionadas à criatividade. Ou seja, se precisar “pensar fora da caixa”, tire uma soneca.

6. Tome um drink
A Universidade de Illinois apontou que níveis moderados de álcool no sangue aumentam a criatividade. Vale ressaltar, no entanto, que os drinks têm efeito colateral: eles contribuem para a formação de pensamentos disruptivos, interferem negativamente na memória.

Fonte: PEGN


Olá deixe seu comentário aqui