#Seja mais influente no trabalho

Assista o Vídeo do Personal Consulting

Saiba como se tornar referência para a equipe com a qual trabalha, colegas de outros setores e gestores da empresa

Ter influência no trabalho não significa impor sua opinião. Ao contrário, é preciso saber o momento certo de dizer o que se pensa e entender como se comportar para manter um bom relacionamento com colegas e gestores. Daniela do Lago, coach de carreira e professora de MBA da FGV (Fundação Getulio Vargas), dá sete dicas para você se tornar mais influente na empresa:

1. É preciso transitar entre os mais diversos grupos, conversar com todos e aceitar que as pessoas são diferentes umas das outras. “A questão não é gostar. Isso não entra nas relações corporativas. Não é preciso gostar da pessoa para o trabalho ser produtivo”, diz a consultora.

2. Ouça mais e fale menos. “Deve-se compreender as pessoas para, depois, ser compreendido”, diz Daniela. Para ela, o profissional precisa exercitar sua capacidade de ouvir, pois essa é a chave para um bom relacionamento

3. Procure dar sua opinião quando solicitada. Caso contrário, não faça isso gratuitamente. “Há risco de você gerar alguma animosidade desnecessária e até provocar o afastamento de pessoas”, diz a especialista. Daniela ressalta, contudo, que isso não significa se omitir, mas saber o momento certo de dizer o que se pensa

4. Esteja sempre disposto a ajudar as pessoas para criar boas conexões e ter apoio quando necessário

5. Eleja um mentor na empresa. “Procure alguém que você admira profissionalmente”, recomenda da consultora. A ideia é trocar conselhos sobre projetos e ter uma opinião honesta, além de contar com uma pessoa em quem  se confia

6. Faça do seu chefe seu aliado. “Compartilhe da mesma visão que ele. Por mais que você não concorde, uma vez definida a estratégia, ela passa a ser sua também. Esteja no mesmo time do seu gestor”, recomenda Daniela

7. Entenda o que é valorizado na sua empresa. “Ou seja, qual é jogo corporativo. Assim você poderá jogar com as armas corretas”, diz a professora da FGV. Se, na sua companhia, o que mais pesa é a avaliação por desempenho, o importante são os resultados obtidos a partir das metas definidas. Em alguns casos, prevalecem as condições políticas, em outros a capacidade de relacionamento e assim por diante. “Se você souber quais são as regras, se tornará mais rapidamente uma pessoa influente”, conclui Daniela.

Fonte: Supermercado Moderno

#Aperto no orçamento das famílias segue em 2017
#Avaliação de desempenho 3.0. Já ouviu falar?

Olá deixe seu comentário aqui